A tenebrosa prisão por onde passaram 14 mil pessoas e só 7 saíram vivas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Chum Mey é um das sete pessoas que conseguiram sair com vida da prisão Tuol Sleng, em Phnom Penh, capital do Camboja.
A penitenciária foi comandada pelo Khmer Vermelho entre 1976 e 1979, um dos governos autoritários mais sangrentos da história da humanidade.
Cerca de 14 mil pessoas foram torturadas e assassinadas ali.
Hoje, Chum Mey dedica-se a vender o livro que escreveu sobre seu tempo na prisão, hoje transformada em um museu.
bbc

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )
pt_BRPortuguese