Banco de Alimentos de Manhuaçu distribui produtos adquiridos por Programa de Aquisição

Banco de Alimentos de Manhuaçu distribui produtos adquiridos por Programa de Aquisição

O Banco de Alimentos de Manhuaçu fez nesta segunda-feira (08) a primeira distribuição do ano de produtos adquiridos pelo Programa de Aquisição de Alimentos. Ao todo, foram adquiridos de produtores da agricultura familiar mais de 2 toneladas de alimentos, que foram distribuídos para diversas entidades filantrópicas do município.09-03-bancoalimentos2

O secretário de Agricultura, Indústria e Comércio Sandro Tavares explica que esses programas de aquisição contribuem muito para todo o município: “você aumenta a renda dos pequenos agricultores, melhora a qualidade de vida e a economia circula em todo o município. Nesse sentido, é a preocupação desta gestão, da prefeita Imaculada, de dar total apoio à agricultura familiar do município.”

A aquisição é feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que repassa para o Banco de Alimentos do município que faz essa distribuição. Todos os produtores são cadastrados pela Emater, e após a liberação da Conab, o Banco de Alimentos. Essa aquisição é importante pois fortalece a agricultura familiar no município, como explica Thiago Braga, técnico da Emater, que realiza os cadastros dos produtores: “é uma renda independente, uma garantia para que o produtor da agricultura familiar têm que vai conseguir colocar seus produtos no mercado”.

É nesse sentido também que Marilza Damasio, produtora rural há 50 anos no Córrego do Gavião, distrito de Dom Corrêa, entende como importante esse tipo de projeto, como conta: “A luta que a gente tem aqui na roça, é muito importante esse tipo de projeto. A gente fica tão alegre que anima a plantar mais, eu já mexo com a feira, e é um complemento muito importante. É a valorização do nosso trabalho no meio rural”. Marilza também reforça que essa aquisição é uma forma de empoderamento para as mulheres rurais “Pra nós mulheres, muitas vezes ficamos meio perdidas na roça, então é uma forma de empoderamento, é satisfatório para entregar um alimento destinado à quem precisa e um complemento na renda maravilhoso”.

Os produtos entregues para as entidades fazem a diferença na alimentação de quem é beneficiado, como conta Jane Medeiros, coordenadora da Darei, uma das entidades beneficiadas com as doações: “Até por conta do desenvolvimento das crianças, esses produtos do Banco de Alimentos são excelentes, por chegarem frescos, são alimentos muito bons para conservarmos”.

A aquisição e distribuição dos alimentos está programada para ocorrer quinzenalmente, para evitar o desperdício dos produtos.

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )