Campanhas nacionais são pautadas no curso saúde da Mulher

Campanhas nacionais são pautadas no curso saúde da Mulher

A campanha de prevenção ao suicídio conhecida nacionalmente como Setembro Amarelo, e a mobilização contra a violência doméstica marcada pelo Agosto Lilás, foram tratadas com as participantes do curso Saúde da Mulher oferecido pelo Sindicato dos Produtores Rurais de Lajinha em parceria com o Sistema FAEMG/SENAR/INAES. A instrutora, Janaína Pessoa explicou que o cuidado com a saúde mental merece atenção e por isso, aproveitou a oportunidade para desenvolver o tema com as mulheres rurais.

Entre os pontos discutidos, destacaram-se a importância de conhecerem as leis que amparam as mulheres, como Lei Maria da Penha e a do Feminicídio; os diversos tipos de violência que elas podem sofrer no ambiente doméstico e familiar; e as redes de apoio às vítimas existentes do Brasil. “Muitas mulheres têm dificuldades para reconhecer situações de violência e acredito que o curso abre a visão delas, ajudando no enfrentamento e na prevenção”, pontuou Janaína.

“Entendemos que falar sobre esses temas é muito importante. Tivemos momentos emocionantes durante a formação ouvindo relatos das participantes”, comentou a mobilizadora, Micheline Almeida.

Visualização da imagem

Quanto ao Setembro Amarelo, a abordagem focou na importância da buscar por ajuda profissional no caso de sintomas de transtornos emocionais como a depressão e a ansiedade, que são cada vez mais comuns na sociedade. “O curso empodera as mulheres a desenvolverem um olhar diferenciado para si e, acima de tudo, para amarem a própria vida”, concluiu, Janaína.

A professora Maria José da Silva já havia feito o curso e após a experiência positiva, solicitou à mobilizadora, Micheline que a formação acontecesse na comunidade Sagrado Coração de Jesus, onde mora. Ela também fez parte da nova turma e agradeceu ao Sindicato e ao SENAR pela possibilidade de compartilhar com mais mulheres conhecimentos importantes.

“Diversas colegas me agradeceram pelo convite e fico feliz em ter participado desse momento de aprendizado com elas. Quando se fala em saúde da mulher a gente imagina remédios e doenças, mas esse curso vai além e nos leva a compreender nosso corpo, nossa mente, nossas relações familiares, e como reagir aos obstáculos que aparecem em nossas vidas”.

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )