Covid-19: Lançada a campanha de conscientização em Manhuaçu

Covid-19: Lançada a campanha de conscientização em Manhuaçu

Com o objetivo de chamar a atenção da população, sobre a grave situação de contaminação de pessoas em Manhuaçu, sobretudo os jovens que decretaram o “fim da pandemia”, levou a Secretaria Estadual de Saúde colocar o município em estado de alerta.

Com isso, o Governo do Estado de Minas Gerais, através da Secretaria Estadual de Saúde e Forças de Segurança, juntamente com a Prefeitura Municipal de Manhuaçu e da Fundação João Pinheiro, iniciou nesta quarta-feira, 2, uma campanha de conscientização e distribuição de máscaras para a prevenção do contágio da Covid-19.

Os números apresentados pela Secretaria Estadual de Saúde assustam pelo crescimento no mês de maio, principalmente na macrorregião Leste e Sul do Estado e, a necessidade de um trabalho voltado para a conscientização de toda a população.

Durante coletiva na manhã de hoje, que contou com a participação do Comandante do 11º BPM, Tenente Coronel Luciano Reis, Prefeita Maria Imaculada, Superintendente Regional de Saúde, Juliano Estanislau, Comandante da Cia de Bombeiros de Manhuaçu, Tenente Flávio Mota, Diretor do Presídio de Manhuaçu, Carlos Eduardo e da Secretária Municipal de Saúde, Ana Lígia de Assis, ficou definida que as ações serão em conjunto.

Através da participação das Forças de Segurança, o trabalho será reforçado dentro do Plano Minas Consciente para o enfrentamento à Covid-19 e, assim a retomada econômica do Estado. Aqui no município, não será diferente.

Segundo o Superintendente Regional de Saúde, Juliano Estanislau, o momento requer muita atenção e consciência da população, no sentido de prevenir contra a doença, evitar aglomeração, pois, a falta de leitos é uma realidade. Embora esforços estejam ocorrendo, mas os números de pessoas contaminadas aumentam assustadoramente.

A prefeita Maria Imaculada destacou sua preocupação diante do cenário, a superlotação no hospital com 100% de ocupação e, os casos de contaminação que estão tendo um salto acima do esperado. Ela diz que, a campanha é para evitar que seja necessário fechar novamente o comércio.

Mas, para isso é necessário que a população ajude a administração municipal. Ao ser perguntada sobre as ações a serem realizadas e, medidas a quem desobedecer às normas, a prefeita foi categórica em afirmar que haverá “arrocho”.

“Vamos intensificar todo o trabalho, para que cada um faça o dever de casa. Os comerciantes que ficarem infringindo o protocolo, as medidas serão severas, podendo ter o alvará cassado. Já foram notificados e, agora quando a fiscalização chegar vai fechar. Se quiserem abrir, terão de ir na Justiça”, disse a prefeita.

O comandante do 11° B.P.M., Ten. Cel. Luciano Reis explica que as ações policiais estarão sendo contínuas, como forma de reprimir às pessoas que desrespeitarem o que está sendo pedido. Haverá batida policial, semelhante a que foi realizada no último fim de semana no distrito de Vilanova, São Pedro do Avaí, Dom Correa e Manhuaçu.

A secretaria de saúde, Ana Lígia de Assis destaca que, atualmente a Unidade de Apoio Respiratório está atendendo 180 pessoas por dia e, os profissionais que atuam na linha de frente estão com o psicológico abalado.

“Por isso, pedimos a compreensão da população, para que mantenha o distanciamento social, use máscara, álcool em gel e nos ajude nessa batalha. Será importante para todos nós”, ressalta Ana Lígia

Serão distribuídas 30 mil máscaras produzidas nas unidades prisionais, entregues durante as próximas duas semanas pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Penal, Secretaria Estadual de Saúde, por meio da regional de saúde, e Secretaria Municipal de Saúde.

Os locais serão na região da rodoviária, Coqueiro, Realeza e Vila Nova. Durante visitas das equipes de saúde da família, equipes policiais militares, vistorias de prevenção a incêndio do Corpo de Bombeiros, haverá a distribuição de máscara da campanha.

Eduardo Satil/ CIDADE TOTAL

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )