Declaração de privacidade no Facebook não vale nada, diz especialista


Quem participa de grupos em redes sociais já deve ter se deparado com um recado que muitas pessoas vêm postando sobre uma declaração de privacidade no Facebook (veja a imagem ao lado). Na nota, que se espalhou como uma corrente, a pessoa que publica o texto em sua página diz não autorizar a utilização de suas informações, tal como fotos, status e perfil.
Segundo o especialista em tecnologia e comentarista da Rádio CBN Vitória, Gilberto Sudré, a tal nota não vale de nada. Isso porque o usuário, ao criar a conta na rede social, já autoriza a utilização dessas informações pelo Facebook. Para ele, proteger os dados pessoais significa não participar das redes. “A forma que você tem de não ter seus dados violados é não ter Facebook”, pontua.
Esses dados, por sua vez, podem ser vendidos a empresas, autoridades policiais e pode, inclusive, como já aconteceu, fazer experiencias sociais com usuários. Tal como direcionar alguns posts e ver a reação deles. Além disso, o especialista lembra que o Facebook não mostra tudo aquilo que os amigos de um usuário publicam. Eles fazem uma espécie de filtragem nas publicações e só mostram aquilo que interessa, ou seja, é compatível com os gostos daquela pessoa.
Se proteger nas redes
Quanto a uma proteção, Sudré adianta que a melhor forma é não expor a vida pessoal. “O que ela pode fazer para se proteger é não expor sua vida pessoal no Facebook. Eu trato basicamente como uma ferramente profissional, raramente eu coloco algo pessoal”, completa o especialista. Ele comenta, também, que é importante ter cuidado, já que o usuário não tem controle do que o Facebook fará com as informações dele.

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )
pt_BRPortuguese