Encontro de cadáver é registrado em córrego na zona rural

Encontro de cadáver é registrado em córrego na zona rural

O encontro de cadáver foi registrado pela Polícia Militar na manhã desta segunda-feira (21/6), no córrego do Lage, na zona rural de Caratinga. O corpo, do sexo masculino, com aparentemente 40 a 45 anos de idade, estava dentro de um córrego que passa por uma fazenda. Uma pessoa que passava pelo local foi quem viu o corpo e chamou o caseiro do sítio.

“Tenho um amigo que passa aqui todos os dias pela manhã, por volta das 6h, e hoje ele me chamou, me informando do corpo. Aí eu vim e realmente era o corpo de um senhor. Ele foi trabalhar, falou para eu tomar as providências e eu acionei a polícia”, contou Alessandro Alves da Silva, caseiro da fazenda.

O local foi resguardado pelos policiais militares até a chegada da perícia da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros Militar para a retirada do corpo da água. O corpo estava boiando em um local com aproximadamente um metro de profundidade e os bombeiros o retiraram com o uso de um bastão isolado.

Pode ser uma imagem de natureza

“O corpo estava em um local de fácil acesso para a guarnição e através de um bastão isolado nosso, conseguimos fazer uma ancoragem na blusa e levar até a beira, onde realizamos a retirada para a Polícia Civil fazer a perícia”, disse o sargento da Silva, do Corpo de Bombeiros.

“Foi encontrado esse cadáver dentro da água e não foi encontrado nenhum tipo de indício, a princípio, que indicasse afogamento ou outro tipo de morte violenta, no entanto, as investigações continuam, através do IML de Caratinga, para determinar qual foi a causa da morte. Havia um pequeno arranhão na região da sobrancelha, mas isso não indica nada”, disse Fernando Gomes, perito.

Segundo informações da perícia, o homem estava morto no local há pelo menos 12 horas. Após os trabalhos periciais, o corpo foi levado pelo serviço funerário ao Instituto Médico Legal (IML) para exames mais detalhados. Nenhum documento foi encontrado com o homem e ninguém que mora na região o reconheceu.

“Não temos a identificação. Muitos populares estiveram no local e disseram que não conhecem a vítima e nunca o viram passando por aqui. Até o momento, nós também não temos nenhuma notícia de desaparecimento de uma pessoa com as características dela. Um adulto de aproximadamente 40 a 45 anos, calvo, com um bigode e uma pequena barbicha. Então, será registrado um encontro de cadáver, tendo em vista que ainda não há indícios de violência. Esperamos que, se alguém souber de algum desaparecido, avise a família que compareça até a delegacia e IML para identificar o corpo”, disse subtenente Sanches, policial militar.

 

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus (0 )