Gilbert Durinho é nocauteado por Kamaru Usman na luta principal do UFC 258

Gilbert Durinho é nocauteado por Kamaru Usman na luta principal do UFC 258

Ainda não será desta vez que o Brasil será campeão dos meio-médios do UFC. Gilbert Durinho chegou a sentir o gostinho do título inédito logo no começo da luta, mas acabou tomando a virada e foi nocauteado por Kamaru Usman no começo do 3º round.

A categoria dos meio-médios é a única entre os homens que nunca teve um campeão brasileiro. Durinho é o sexto a tentar e ser derrotado. Antes dele, Jorge Patino, Dedé Pederneiras, Thiago Pitbull, Demian Maia e Rafael dos Anjos também tiveram a chance, mas acabaram não conquistando o título.

Neste final de semana, Durinho chegou a dar a impressão que conseguiria. Logo no começo da luta, acertou um direto de esquerda no rosto do rival e acabou derrubando o campeão. Mas Kamaru se recuperou e ficou em pé muito rápido. Depois, deu sorte ao ver o brasileiro cair em uma tentativa de chute e acabou ganhando tempo para ficar 100% de novo.

No segundo round, o nigeriano acabou mudando completamente a luta. Achou a distância e devolveu o knockdown com um golpe de direita. Durinho até aguentou, mas nunca se recuperou completamente. Na volta para o terceiro assalto, tomou outro knockdown em mais um soco de direita e acabou nocauteado no ground and pound.

Kamaru segue fazendo sua história no UFC e chega a 13 vitórias consecutivas na organização. Ele fica a apenas três do recorde de triunfos seguidos de Anderson Silva, que parecia inalcançável.

Na carreira, já são 18 vitórias e apenas uma derrota, ainda em 2013, na segunda luta da carreira.

Já Durinho tem a incrível ascensão interrompida. O brasileiro vinha varrendo a divisão dos meio-médios, mas fica agora com um cartel de 19-4.

Veja todos os resultados do UFC 258:

CARD PRINCIPAL

Kamaru Usman (NIG) nocauteou Gilbert Durinho (BRA) a 0:34 do 3º round – pelo título dos meio-médios
Alexa Grasso (MEX) derrotou Maycee Barber (EUA) por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28) – moscas feminino
Kelvin Gastelum (EUA) venceu Ian Heinisch (EUA) por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28) – médios
Ricky Simón (EUA) venceu Brian Kelleher (EUA) por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27) – penas
Julian Marquez (EUA) finalizou Maki Pitolo (EUA) com um triângulo de mão aos 4:17 do 3º round – médios

CARD PRELIMINAR

Anthony Henrnandez (EUA) finalizou Rodolfo Vieira (BRA) com uma guilhotina aos 2:13 do 2º round – médios
Belal Muhammad (EUA) venceu Dhiego Lima (BRA) por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27) – meio-médios
Polyana Viana (BRA) finalizou Mallory Martin (EUA) com uma chave de braço aos 3:18 do 1º round – palhas feminino
Chris Gutierrez (EUA) venceu Andre Ewell (EUA) por decisão unânime (30-26, 29-28, 29-27) – peso casado
Gabriel Green (EUA) venceu Phillipe Rowe (EUA) por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28) – médios

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )