Homem é preso após matar colega e colocar pênis dentro de panela depois de recusar sexo

Homem é preso após matar colega e colocar pênis dentro de panela depois de recusar sexo

Nesta quinta-feira (09), um criminoso, de 48 anos, foi preso após amputar o pênis de um homem, matá-lo e arrastar o corpo até uma praia em Itanhaém, no litoral de São Paulo. As informações são do G1.

De acordo com as autoridades, o crime ocorreu no dia 28 de agosto e, até agora, o homem era considerado foragido. A vítima, de 56 anos, foi achada na faixa de areia da praia, com sinais de violência, uma facada entre o tórax e o pescoço e com o órgão genital decepado.

Segundo as investigações, o crime aconteceu em uma pousada. No local, as autoridades encontraram diversas manchas de sangue, além do órgão genital do homem, que estava dentro de uma panela.

Em depoimento à polícia, o suspeito revelou que teve uma desavença com a vítima no quarto da pousada. Os dois faziam uso de cocaína e a vítima teria tentado ter relações sexuais com ele. Após recusar participar do ato sexual, o suspeito golpeou e matou o homem. 

Conforme a Polícia Civil, o suspeito ainda tentou limpar o local do crime, mas não conseguiu e arrastou o corpo da vitima até a praia.

O criminoso, que já possuía antecedentes criminais por diversos crimes, foi encaminhado para a Cadeia Pública de Peruíbe.

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )