Manhuaçu e outras 22 cidades entra na Onda Roxa e terão mais restrições a partir de quinta

Manhuaçu e outras 22 cidades entra na Onda Roxa e terão mais restrições a partir de quinta

A cidade de Manhuaçu e outros 22 municípios da região vão passar para a fase mais restritiva do programa Minas Consciente.

Em reunião virtual realizada nesta terça, 09/03, envolvendo a Superintendência Regional de Saúde (SRS) Manhuaçu, Secretaria de Estado da Saúde e gestores da Saúde dos 23 municipios que compõem a microrregião de Manhuaçu, ficou decidida a regressão da região no programa Minas Consciente.

“Fizemos uma reunião virtual com a presença dos representantes das Secretarias de Saúde e de Governo do Estado e entendemos que é necessário tomar alguma medida que possa dar uma trégua ao sistema de saúde e reestabelecer nossa rede assistencial. É um período definido de 15 dias. (…) Sabemos das dificuldades que os comerciantes enfrentam, mas também precisamos preservar a vida, que é o mais importante nesse momento”, afirmou o diretor da SRS Juliano Estanislau, em entrevista ao jornal Tribuna do Leste.

Desta forma, a microrregião de Manhuaçu passa a fazer parte da Onda Roxa do programa, com toque de recolher e funcionamento apenas dos serviços essenciais por 15 dias. O objetivo é conter o avanço do coronavírus na região. Confira abaixo os serviços que poderão funcionar durante o período em que a região permanecer na Onda Roxa.

Municípios afetados pela decisão

A decisão começa a valer a partir de quinta-feira, 11/03, para os seguintes muicípios:

Abre Campo

Alto Jequitibá

Caputira

Chalé

Conceição de Ipanema

Durandé

Ipanema

Lajinha

Luisburgo

Manhuaçu

Manhumirim

Martins Soares

Matipó

Mutum

Pedra Bonita

Pocrane

Reduto

Santa Margarida

Santana do Manhuaçu

São João do Manhuaçu

São José do Mantimento

Simonésia

Taparuba

Veja quais são as medidas impostas na Onda Roxa

* Funcionamento apenas do serviço essencial (veja abaixo o que é considerado essencial)

* Suspensão de cirurgias eletivas

* Restrição de circulação de pessoas (só poderão sair de casa para atividades essenciais)

* Toque de recolher das 20h às 5h e aos finais de semana

* Proibição de pessoas sem máscara em qualquer espaço público ou de uso coletivo, ainda que privado

* Proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe, a menos que estejam indo para consulta médica

* Proibição de eventos públicos ou privados

* Proibição de reuniões presenciais, inclusive entre parentes que não morem na mesma casa

* Implantação de barreiras sanitárias de vigilância

* Fechamento de bares e restaurantes (funcionamento apenas por delivery)

São considerados serviços essenciais em Minas

* Alimentos, Agropecuária e Agroindústria (excluídos bares e restaurantes);

* Serviços de Saúde (atendimento, indústrias, veterinárias, etc);

* Bancos e seguros;

* Transporte público;

* Energia, gás, petróleo, combustíveis e derivados;

* Manutenção de equipamentos e veículos;

* Construção civil;

* Indústrias (apenas da cadeia de Atividades Essenciais);

* Lavanderias;

* Imprensa;

* Serviços de TI, dados, imprensa e comunicação;

* Serviços de interesse público (água, esgoto, funerário, correios etc).

Com informações da Agência Minas e do Jornal Tribuna do Leste

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )