Médica chama polícia depois de atender bebê com mais de 30 lesões no corpo

Médica chama polícia depois de atender bebê com mais de 30 lesões no corpo

A Polícia Civil investiga os pais de um bebê de seis meses que foi levado ao hospital com mais de 30 lesões no corpo, em Anápolis (GO), a 160km de Brasília. A menina está internada em estado grave em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em um hospital de Goiânia. De acordo com o boletim médico desta quarta-feira (12/5), o estado de saúde da bebê é grave e ele respira com ajuda de aparelhos.

A polícia foi acionada pela médica que atendeu o bebê na Unidade de Pronto Atendimento Pediátrico, em Anápolis, na noite desta segunda-feira (10/5). A profissional suspeitou que a criança fosse vítima de maus-tratos.

A criança foi levada à unidade de saúde pela mãe que disse ao Conselho Tutelar que percebeu que a filha não estava bem quando ela estava no colo do pai. O pai chegou a ser levado à delegacia, mas foi liberado em seguida quando disse que não sabia o motivo dos machucados na criança.

Ao G1, a delegada responsável pelo caso, Kênia Duarte, disse que um exame de corpo de delito deve ser feito nos próximos dias para determinar o que causou os ferimentos. “Nós pretendemos esclarecer se essas lesões foram causadas intencionalmente ou por descuido e de que forma ocorreram. As pessoas envolvidas devem ser ouvidas nos próximos dias, a fim de verificar se há coerência ou contradições”, disse.

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )