PC prende mais um na operação Inocência Perdida

PC prende mais um na operação Inocência Perdida

Policiais da 33ª Delegacia de Polícia Civil de Manhumirim cumpriram nesta terça-feira, 24/11, o mandado de Prisão Temporária expedido em desfavor de R.M.O. na segunda fase da Operação denominada “Inocência Perdida”.

O investigado R.M.O se passou por outra pessoa a fim de enganar a Justiça. No entanto, a Polícia Civil conseguiu identificá-lo, o que culminou com sua prisão nesta terça, em Manhumirim.

As investigações estão em fase final, e posteriormente o inquérito policial será remetido à Justiça. O preso foi encaminhado ao Presídio.

Participaram da prisão os investigadores Jorge Luiz Cordeiro de Oliveira, Wadson José Knust Santos e Thiago Trigo Carim.

INOCÊNCIA PERDIDA

Pelo menos sete pessoas foram presas pela Polícia Civil (PC), no dia 26 de outubro, suspeitas de participar de um esquema de prostituição infantil nas cidades de Manhumirim, Alto Jequitibá e Alto Caparaó.

A suspeita é de que o grupo organizava e participava de festas com menores, de 11 a 13 anos de idade, em um sítio, visando a prostituição das crianças.

Com os suspeitos foram encontrados uma arma de fogo, dinheiro, além de caixas de comprimidos da marca Viagra que seriam usados nas festas.

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )