Prefeitura de Reduto entra no consórcio para compra de vacinas

Prefeitura de Reduto entra no consórcio para compra de vacinas

A Prefeitura de Reduto, cidade vizinha a Manhuaçu, aderiu ao consórcio formado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) para efetuar a compra de vacinas contra a COVID-19. A adesão do município no programa foi confirmada pelo prefeito da cidade DILCÉLIO DE OLIVEIRA HOTT (MDB), nesta terça-feira (10/03).

O município manifestou o interesse de adesão ao consórcio público na última quinta-feira (04). A finalidade da associação é instituir a aquisição de vacinas para enfrentamento da pandemia pelo novo Coronavírus, além da compra de medicamentos, equipamentos e outros insumos necessários.

A ideia é que as prefeituras possam comprar as vacinas caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde, não seja capaz de suprir toda a demanda.

Com o termo assinado, o município deve aguardar a efetiva instalação da associação, prevista para o dia 22 de março, bem como a elaboração de um projeto de lei para ser enviado a Câmara Municipal.

Ainda estão sendo avaliadas as formas de financiar a compra das vacinas, que pode acontecer através de recursos do Governo Federal, financiamento por organismos internacionais e doações de investidores privados brasileiros.

Manhuaçu fica de fora de consórcio de cidades para compra de vacinas contra a Covid-19

Segundo a prefeitura não teve prazo para aderir ao consorcio. Manhuaçu vacinou até o momento 3.069 pessoas, e tem hoje 119 óbitos confirmados por coronavírus e 4305 casos confirmados.

As informações são da Folha de Manhuaçu

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )