Raridade: bebê com 3 pênis torna-se o 1º do mundo com esta condição

Raridade: bebê com 3 pênis torna-se o 1º do mundo com esta condição

Um menino nasceu com três pênis e sem ânus na cidade de Duhok, no Iraque, e precisou passar por uma cirurgia que durou mais de seis horas.

Segundo informações do jornal Mirror, o menino era capaz de urinar apenas com um dos pênis, e somente dois tinham tecidos que o poderiam tornar erétil (responsável pelas funções sexuais).

Os médicos do Curdistão, que atenderam a criança, publicaram o caso na revista médica International Journal of Surgery Case Reports.

Eles declararam que o bebê já estava com três meses quando a trifalia (condição em que um homem nasce com três pênis — algo absolutamente inédito na Medicina) foi descoberta.

Ocorre que o “terceiro pênis” era considerado rudimentar, com características de desenvolvimento incompleto. A difalia (nascer com dois pênis) é uma condição que afeta 1 em cada 5 ou 6 milhões de nascimentos e frequentemente há diferenças significativas entre cada caso.

Eles são chamados de pênis supranumerários e o primeiro caso foi relatado em 1609. No entanto, em todo esse tempo, nenhuma criança no mundo desenvolveu três pênis. A equipe médica decidiu remover os dois pênis.

“Havia uma enorme massa óssea e tecido mole para que os pênis ficassem anexados. No entanto, o ânus estava ausente. Os dois pênis funcionais foram fundidos em um só, envolvendo uma massa de pele em torno deles. Além disso, um caminho anal foi criado através do reto do menino para facilitar a passagem dos excrementos”, disse Dr. Vishesh Dixit, cirurgião pediátrico, ao Mirror.

Depois de um ano, o bebê está aparentemente saudável e se recuperou da cirurgia com sucesso, e os médicos puderam falar abertamente sobre o caso clínico.

O bebê continuará a fazer check-ups quando chegar à adolescência e à fase adulta. Por motivos éticos, não mostraremos a imagem da genitália da criança nesta reportagem.

Faça uma doação para o nosso site e ajude a manter essa mídia alternativa a continuar no mundo das notícias.

Não recebemos nenhum dinheiro público, seja da esfera Federal, Estadual, ou Municipal.

Clique aqui.

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )