Santana de Manhuaçu perde 130 doses de vacina por falta de energia

Santana de Manhuaçu perde 130 doses de vacina por falta de energia

Santana de Manhuaçu, cidade que fica na Zona da Mata mineira, perdeu aproximadamente mil frascos de vacinas, sendo 13 contra a Covid-19, depois que a unidade de saúde São Lucas ficou sem energia elétrica. Cada frasco do imunizante contra o novo coronavírus tem 10 doses, o que totaliza 130 perdidas.

A prefeitura investiga se o caso foi criminoso. Além disso, a Polícia Civil também abriu inquérito. “A PCMG esclarece que se constatada qualquer ação dolosa ou culposa, o(s) envolvido (s) será(ão) indiciado (s) conforme determina a Lei”, informou por nota.

Conforme registrado no boletim de ocorrência, o disjuntor do posto foi violado. Funcionários do centro de saúde chegaram para trabalhar e encontraram a caixa de energia quebrada. O fato está sendo apurado e, por enquanto, não há pistas sobre os suspeitos.

O caso foi constatado na segunda-feira (15). De acordo com a prefeitura, constantemente a equipe de saúde verifica a temperatura da sala e do freezer onde as vacinas são armazenadas. No sábado (12), dia da última conferência, nenhuma anormalidade foi encontrada.

Contudo, na segunda de manhã a unidade estava sem energia elétrica. Foi quando as enfermeiras verificaram que a caixa de luz estava quebrada. A Polícia Militar foi acionada e a regional de Saúde de Manhuaçu comunicada da ocorrência.

A prefeitura informou que algumas vacinas, como de sarampo e catapora, começaram a ser repostas nesta quarta-feira (17). Até o momento, o município recebeu 596 doses das vacinas Coronavac e Oxford, e aplicou em 200 pessoas. Os imunizantes perdidos representam 21,81% do estoque.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) não se manifestou sobre o caso.

O Tempo

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )