Santos perde ação e terá de pagar mais de R$ 4 milhões a Sampaoli

Santos perde ação e terá de pagar mais de R$ 4 milhões a Sampaoli

O Santos perdeu a ação contra o técnico Jorge Sampaoli, que dirigiu o clube na temporada 2019. O clube terá de pagar cerca de R$ 4,4 milhões ao treinador argentino, de acordo com decisão da Justiça, que avaliava se ele deveria ou não pagar uma multa p ela rescisão do seu contrato no ano passado, dando ganho de causa ao atual comandante do Atlético Mineiro.
A diretoria do Santos alegava, na ação judicial, que Sampaoli havia pedido demissão em 9 de dezembro, o que o forçaria a pagar multa. O treinador, porém, defendeu que sua saída ocorreu apenas no dia 11, quando já não havia multa para a rescisão. E esse argumento foi aceito pelo tribunal.

A decisão foi do juiz Wildner Izzi Pancheri, da 5ª Vara de Trabalho de Santos, e força o clube paulista a pagar todo valor que deve ao treinador argentino. São cerca de R$ 420 mil relativo às férias, R$ 320 mil do 13º salário, R$ 100 mil pelos dias trabalhados em dezembro e R$ 8 mil de FGTS. Além disso, ele tem direito a uma premiação de R$ 3,5 milhões pela classificação da equipe à Copa Libertadores.

Em 2019, sob o comando de Sampaoli, o Santos foi vice-campeão brasileiro. Além disso, caiu na primeira fase da Sul-Americana, nas semifinais do Campeonato Paulista e nas quartas de final da Copa do Brasil.

Sampaoli se reencontrou com o Santos em 9 de setembro, quando o time superou o Atlético-MG, hoje dirigido pelo argentino, por 3 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. O time de Belo Horizonte, porém, é o líder do torneio, com sete de vantagem para a equipe paulista, a sexta colocada.

CATEGORIAS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )