sexta-feira , 5 junho 2020
Home / Destaque / Vereador é abordado em blitz da PRF com veículo clonado

Vereador é abordado em blitz da PRF com veículo clonado

Um vereador de Matipó descobriu que caiu num golpe de carro clonado após ser parado numa blitz da Polícia Rodoviária Federal.

O fato se deu durante fiscalização de rotina na BR 262, quando a PRF interceptou um automóvel Hyundai HB 20.  Ao solicitar os documentos do motorista e do veículo, os policiais suspeitaram da autenticidade da documentação. “De imediato percebemos que a documentação do veículo apresentava indícios de inautenticidade. É de praxe e se faz necessários nesses casos, que se faça uma investigação mais minuciosa, onde os elementos de identificação do veículo são mais aprofundados, inclusive com a utilização de solventes para que se faça teste na marcação do chassi. Na medida que aprofundamos nessa fiscalização foi detectado que esse veículo tinha sido tomado de assalto na data de 19 de fevereiro desse ano na cidade de Contagem. As placas originais foram retiradas e as que estavam no veículo no momento da nossa abordagem são clonadas”, relatou Edson Rhodes, Policial Rodoviária Federal.

A PRF fez contato com o proprietário do veículo com a identificação original e o mesmo relatou que seu automóvel estava na garagem da sua casa, inclusive enviando fotos. O condutor do automóvel com placas clonadas foi conduzido à delegacia para demais esclarecimentos. “O condutor desse veículo abordado se identificou como vereador e presidente da Câmara Municipal da cidade de Matipó, mas não usou dessa condição em momento algum, aliás, a condução dessa ocorrência foi bem tranquila. De acordo com a explicações que foi nos dada ele teria realizado uma compra equivocada”, disse Rhodes.

O Policial Rodoviário Federal Edson Rhodes chamou a atenção para esse tipo de situação e fez um alerta importante. “Aquelas pessoas que vão adquirir veículo, principalmente fora da cidade onde residem, devem se certificar que esse veículo tenha origem lícita e de forma nenhuma acreditem em propostas milagrosas. Os criminosos se utilizam desse artifício de colocar um preço bem abaixo da tabela o que se torna um grande atrativo. É de grande importância que as pessoas verifiquem e desconfiem dessas condições que não são comuns no mercado legal”, finalizou.

O vereador que conduzia o veículo foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, ouvido e liberado. Posteriormente ele deve responder judicialmente.

Klayrton de Souza / Tribuna do Leste

Veja Também

PM apreende arma, munições e materiais do tráfico

A Polícia Militar de Mutum conseguiu mais uma ação efetiva no combate ao tráfico de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *